BISCOITOS - TERCEIRA - AÇORES - Introdução

Biscoitos é a freguesia mais a Norte da Ilha Terceira, uma das principais do Arquipelago dos Açores, situado no Oceano Atlântico, entre a Europa e o Continente Norte Americano.

Por publicação no Diário da República (D.L. nº 17/94 de 25 de Janeiro), "...são reconhecidas como indicações de proveniência regulamentada (IPR) para a produção de vinhos a integrar na categoria dos vinhos licorosos de qualidade produzidos em região determinada (VLQPRD) e vinhos de qualidade produzidos em região determinada (VQPRD) da nomenclatura comunitária as denominações «Biscoitos»...", consagrando assim o seu "verdelho" que é digno de acompanhar qualquer manjar principesco. Existe, ainda, o Museu do Vinho, onde para além da observação, o verdadeiro enólogo poderá provar os vinhos das melhores castas e algumas bebidas licorosas deles obtidas.

Graças à sua extensa orla litoral, os Biscoitos oferecem uma excelente zona balnear, constituída por piscinas naturais, onde a água circula livremente com o Oceano. A estas calhetas, como são regionalmente conhecidas, tem sido atribuída a "Bandeira Azul da Comunidade Europeia", certificando que as suas águas se encontram totalmente despoluídas e as restantes instalações obedecem a todos os padrões considerados ideais.

Como não podia deixar de ser, os veraneantes e turistas que lá passam, têm oprtunidade de saborear o delicioso peixe e marisco fresco, cozinhados mesmo ali à beira-mar, com vista para o cais piscatório, onde recolhem as embarcações, após a faina diária. É de salientar entre a gastrononomia local, os cavacos, as cracas e as lapas, mariscos muito apreciados e quase exclusivos do Arquipélago.

Como todas as outras freguesias, os Biscoitos têm a sua semana anual de festas tradicionais, sendo habitualmente a 3ª semana do mês de Setembro. No decurso deste período, pode-se assistir às diversas "touradas à corda", em que o toiro é largado pelas ruas, preso por uma corda e seguro por profissionais, para gáudio de quantos assistem ou pretendem desafiar as capacidades do animal. Salientam-se, ainda, os cortejos alegóricos, a que não falta a respectiva "rainha", escolhida sempre entre as mais belas moças da freguesia. Estes festejos, são sempre motivo para o convívio de amigos e visitantes, havendo a oportunidade de apreciar a Alcatra de carne, prato típico da Terceira, já medalhado internacionalmente, em diversos concursos de culinária.